sábado, 30 de julho de 2011

Força Para Dizer 'Não'


“Era seu primeiro namorado, sonhava acordada, dormia o sono dos anjos
Para ela, o bem era a verdade suprema
O mau não passava de vilões dos desenhos animados
E estes eram sempre castigados no final
Portanto, não representavam perigo na vida real

As horas deslizavam soltas, fizesse sol, chuva, frio ou calor
Até o dia em que uma descoberta descortinou para ela outro cenário
Não, o mundo não era feito apenas de verdades
As pessoas não eram todas totalmente sinceras, autênticas, fieis
Uma traição foi o turning point para rever sua visão do mundo e das pessoas

Com o tempo, aquela ferida foi cicatrizada, mas nunca esquecida
E sua importância ultrapassava qualquer cena amorosa
As experiências futuras trouxeram novas decepções
Ela não era mais uma menina, já era uma mulher
Sabia que a mentira e a traição rondavam qualquer tipo de relação

Havia sempre novos arranhões na alma e punhaladas pelas costas
Mais ou menos intensos, todos foram contribuindo para seu crescimento
Esse amadurecimento ainda não foi concluído
A cada nova etapa de sua vida, novas decepções acontecem
E elas ainda provocam feridas que doem, sangram

Mas ela não se deixa endurecer
Por mais que negue, a jovem sonhadora e romântica ainda existe
A diferença é que hoje ela percebe a diferença entre os que têm duas caras
Consegue captar a real intenção dos que não têm cara nenhuma
Tem força para dizer ‘não’
E não se deixa mais ser usada, enganada, ludibriada”  


By Elena Corrêa


Ilustração: Rene Magritte

2 comentários:

  1. Dizer o quê? Apenas que sou fã dos seus textos!!

    ResponderExcluir
  2. E é uma fâ muito especial!!!! Brigadinha, amiga!!! bjk

    ResponderExcluir